• Herbig Soluções Financeiras

Capital de Giro: o que é? O que come?

Se tivesse que definir de uma forma simples eu diria que o capital de giro é a grana necessária para fazer seu negócio não parar! O que dizer desse tal #capitaldegiro que mal é conhecido mas consideramos #pakas?


Mas vamos aprofundar um pouco mais!


Comecemos a pensar numa fábrica de roupas… para ela vender as roupas ela precisa comprar os insumos, fabricar as roupas para só daí vender, não é mesmo? E muitas vezes as vendas são pagas no crédito, o que retarda ainda mais o recebimento, certo?


Então imagine que todo esse tempo seu caixa está descoberto, e como faço para cobri-lo?


~Pega um cobertor~ não, mentira! kkk


Você precisará de dinheiro para pagar seus fornecedores, ter sua estrutura, e produtos disponíveis até você receber dos seus clientes, esse dinheiro se chama capital de giro!

Entendi, mas como o cálculo?

É sempre bom começar com um planejamento financeiro, pois primeiro você precisará calcular a projeção de vendas, para então entender qual estrutura e insumos você precisará, e assim contar com os piores cenários (sou um pouco pessimista nesse aspecto, mas é sempre melhor se precaver) que seria você receber a prazo e pagar os fornecedores à vista!


Pegar orçamentos com os seus fornecedores, medir quanto você precisa ter de estoque para começar, então esse será seu capital de giro, dinheiro que você terá de providenciar sendo do seu próprio bolso ou de terceiros (para decidir isso leia esse texto aqui).

Ok, mas minha empresa é de serviço, como cálculo?

Uma empresa de serviço normalmente precisa de menos capital de giro por não ter o tempo de produção, é apenas a execução do serviço. Mas da mesma forma para entregar o serviço você precisa de estrutura e terá custos! E isso também dependerá da sua projeção de vendas!


Ficou claro?

Claro que as dicas para melhorar seu ciclos financeiro e operacionais serão sempre:

  • Aumentar o prazo com os seus fornecedores;

  • Vender à vista;

  • Enxugar custos e despesas.

Mas sabemos que nem sempre isso é possível, ainda mais para quem está começando, então é sempre válido uma análise sua conhecendo do seu mercado, ajustando para ficar melhor para você!


Outras dicas para melhorar seus ciclos (talvez mais plausíveis):

  • Fazer uma pré venda: Garantir uma grana antes mesmo da produção, claro que tomar muito cuidado, pois você trabalhará aqui com a expectativa do seu cliente, então ter certeza da entrega e da qualidade para não voltar contra você!

  • Pegar Adiantamento: Pegar 30% no momento do pedido, por exemplo, mostra credibilidade e te ajuda a fazer o negócio acontecer até a entrega. O 30% foi um exemplo, você pode trabalhar com mais ou menos, e também deve se atentar às expectativas do cliente. Normalmente um contrato com tudo bem alinhado ajuda muito nisso também!

  • Trabalhar com Recebíveis: Nesse post aqui demos várias dicas para você melhorar seu Recebíveis, porque além de seu prazo ser maior às vezes você precisa lidar com a inadimplência, e isso é difícil. Uma das dicas que demos foi passar isso para empresas especializadas. Por exemplo a Pagou Fácil.

  • Juntar mais pessoas para fazer compras: No momento em que vivemos podemos ver que os nossos concorrentes são nossos parceiros, e então se juntar para fazer um pedido maior com o fornecedor, de quebra às vezes você pode conseguir além de prazo também um desconto.



O capital de giro é de extrema importância pois quando uma empresa não tem dinheiro em caixa e precisa pagar uma conta, ela quebra, então reitero que é imprescindível calcular certo, para não ter que ficar injetando dinheiro cada vez mais; e acompanhar também durante o andar da empresa pois a necessidade de capital pode modificar!


Eai, tem alguma dúvida? O seu negócio é diferente dos citados? Tem alguma dica extra? Manda mensagem pra gente!


6 visualizações0 comentário

© 2023 por Herbig CNPJ 39.262.154/0001-97 .

Orgulhosamente criado pela www.azedos.com.br

  • Icones-04
  • Icones-03
  • Icones-02
  • Icones-01