• Herbig Soluções Financeiras

Independência financeira: conquiste a sua sem balela!

Todas nós em algum momento chegamos naquele impasse de desejar a independência e liberdade financeira para sermos quem quisermos e sem a supervisão de ninguém. Mas existe um impasse: "saio de casa ou permaneço economizando com aluguel?”. Bom, para essa pergunta existem inúmeras respostas, e nós vamos te ajudar a trilhar esse caminho sem meter os pés pelas mãos.


Vamos começar explicando o que é a tal da independência e liberdade financeira!

O que é ser independente financeiramente?

O conceito de independência financeira é traduzido na própria frase, ou seja, ser de fato independente de tudo e todos financeiramente. Isso, para alguns significa conseguir pagar todas as contas, viajar de vez em quando ou comer aonde bem entender.


Mas o conceito real é que a independência financeira é quando você consegue se manter, por meses ou por um longo período de tempo sem precisar de um trabalho fixo. A sua renda é fruto de um longo investimento que em determinado momento, se torna o seu porto seguro com relação à fonte de renda. Ou seja, 100% independente financeiramente.


Seja qual for o caso, é necessário planejar e projetar a longo prazo, para poder alcançá-la.


Por que você deve buscar a independência financeira?

Diminuir a jornada de trabalho, mais segurança financeira ao longo da vida, aposentadoria garantida… a gente sabe que pode parecer um sonho distante, mas com a independência financeira todas essas coisas se tornam possíveis.


Se você quer se programar, estar preparada e sonhar com um futuro mais tranquilo com relação às suas finanças, é necessário executar um planejamento financeiro para que assim, você não precise viver trabalhando. E no fim é sempre sobre isso, né? O sonho de todas nós: conseguirmos nos livrar das amarras, tanto de moradia

Existe um momento certo para ir atrás dela?

Timing é tudo, né beninas!? Mas nesse caso, o momento certo é o agora!


Essa dica é ouro: Use o tempo ao seu favor, ele é o bff da investidora moderna! Por isso, quanto mais cedo você se organizar e começar a investir, mais cedo você terá acesso aos retornos de cada investimento.

Dentro do mundo das finanças existe um gráfico que fala sobre os momentos de acúmulo de riqueza, o momento de consolidar esses acúmulos e o momento para de fato utilizá-los.


Eles se dividem dessa forma:

  • 20 aos 50 anos: acúmulo de riquezas;

  • 50 aos 65: consolidação, atitude mais conservadora;

  • 65 em diante: utilização do patrimônio para manter a qualidade de vida.


Mas obviamente que esse é o cenário ideal, a gente entende que a situação do brasileiro, não é bem essa. Ainda assim, é importante citarmos essa perspectiva de tempo para você se situar com os pés um pouco mais no chão. Então se você está nesse primeiro momento (dos 20 aos 50), entenda que a hora é agora! Seja ousada, peça ajuda e ahaze!

Se isso é possível, quais as alternativas?

Para nós, da Herbig, o primeiro passo mais importante nessa busca, seria entender o seu momento atual e traçar os seus objetivos financeiros. E existem inúmeras ferramentas que podem te auxiliar nessa jornada, inclusive mentorias e cursos próprios que possuem total foco nisso.


As três ferramentas primordiais para as mulheres que querem se tornar investidoras são:


  • Valor Aplicado: a quantidade de dinheiro que você vai disponibilizar para investir;

  • Rentabilidade: os juros que o investimento te dará por mês.

  • Tempo: a quantidade de tempo em que aquele dinheiro permanecerá aplicado.


É comum, ao falarmos de investimento, focarmos apenas nessas três primeiras características, mas o tempo é um fator primordial para uma aplicação, ele é o responsável por potencializá-los.

Pequenas independências financeiras que você pode conquistar e um caminho para isso:

  • Construir sua reserva de emergência: siga aquela regrinha do 50% para gastos fixos, 30% para gastos variáveis e 20% para investimentos que não tem erro! A reserva emergencial precisa ter pelo menos 6 meses do seu salário, assim você se garante caso aconteça algum imprevisto

  • Pagar todas as suas contas (tem gente que mesmo fora da casa dos pais ainda não tem isso): importantíssimo! Não adianta sair da casa dos pais sem ao menos ter como se manter… a não ser que seja por necessidade, mas se você tem essa opção, escolha o planejamento financeiro antes.

  • Sair da casa dos pais: consegue pagar o aluguel, todas as contas e ainda sobreviver de forma digna? Agora é a hora!

  • Investir na sua aposentadoria: lembre-se dos seus planos a longo prazo.

  • Aprender a investir em renda variável: nós temos uma mentoria que te entrega isso e muito mais!

  • Abrir a sua empresa e fazer ela chegar ao ponto de equilíbrio: o ponto de equilíbrio é aquele que sua empresa consegue se manter e pagar todas as contas apenas dos lucros mensais. Temos mentorias e cursos para esse tipo de necessidade também!

  • Completar metas e sonhos de curto, médio e longo prazo: como agora que você consegue!

Se tiver qualquer dúvida, manda pra gente! Vamos juntas nessa jornada.

© 2023 por Herbig CNPJ 39.262.154/0001-97 .

Orgulhosamente criado pela www.azedos.com.br

  • Icones-04
  • Icones-03
  • Icones-02
  • Icones-01