• Herbig Soluções Financeiras

Como se proteger e não cair em esquemas financeiros

Pirâmides financeiras, golpe do pix, promessas de ganhos fáceis, entre outros. São tantos esquemas financeiros para tentar atrair nossa atenção, que se listássemos este texto ficaria enorme. Enquanto você lê este artigo, algum novo golpe está sendo elaborado. Não é assustador?

Trata-se de artimanhas que até pessoas com alta instrução podem cair se não estiverem ligadas.


Afinal, os golpistas estão se profissionalizando a cada novo trambique, bem como criando narrativas dignas de Hollywood. E por falar em truques que viraram produtos audiovisuais de sucesso.


gif

Os esquemas financeiros na ficção

Os serviços de streaming estão repletos de documentários sobre fraudadores da vida real, se você não vive numa caverna já deve ter ouvido falar do documentário O Golpista do Tinder e da série Inventando Anna. Essa última é uma excelente opção de narrativa audiovisual para quem busca uma história cheia de reviravoltas e uma protagonista que entrega


O Golpista do Tinder

Simon Leviev é um homem que enganou varias mulheres, para isso fingiu ser herdeiro de uma das famílias mais poderosas do ramo de pedras preciosas, os Leviev. Simon criou um perfil no aplicativo de encontros para conquistar suas vítimas.

gif

Você deve estar se perguntando como tantas mulheres caíram no golpe? Simon não somente falava, ele apresentava as mulheres uma vida de luxo e riqueza. Levando suas vítimas em passeios de helicóptero, viagens para outros países e jantares em restaurantes caríssimos. Ele gastava um tempo, considerável, mostrando sua persona. Só depois o golpe vinha!


Simon fingia que estava sendo ameaçado e perseguido para pedir dinheiro emprestado para suas namoradas. Nesse momento da construção da sua história as mulheres eram promovidas ao cargo de amor de sua vida. Para convencer suas vítimas o Golpista do Tinder usou uma estratégia muito comum das comédias românticas, se apresentar como o príncipe encantado. O cara rico, bem-sucedido e capaz de tirar a mulher de sua vida sem graça, ostentando uma realidade totalmente diferente da dela. Portanto, Simon utilizou o mito do príncipe encantado, o cara montado no cavalo branco, no caso limusine, que resgata a princesa.


Somos incentivadas desde que nascemos a acreditar nessa falácia. Esperar pelo príncipe que vai transformar nossas vidas. Logo, devemos ter mais empatia com as vítimas e julgar a estrutura que promove a existência de Simons, que não são poucos. Também no catalogo da Netflix tem outra série sobre um homem que destruiu a vida de algumas mulheres chamada Mestres da Enganação, mais uma prova Inventando Anna de que as coisas não são tão simples quanto parecem.

Agora vou falar da minha golpista favorita, Anna Sorokin. A jovem que enganou a elite de Nova York, cara essa garota merecia um Oscar. Já que conseguiu convencer dezenas de pessoas de que era uma herdeira russa bilionária, sem nunca precisar provar nada. E olha que estamos na era do compartilhamento, onde basta dar um Google para encontrar informações sobre praticamente tudo.


gif

Anna Delvey é uma jovem russa que decidiu criar uma instituição de arte com o próprio nome. O que já é muita ousadia, dado que a garota era uma ninguém. Para isso precisaria de um investimento na casa das dezenas de milhões, 40 milhões de dólares precisamente. Por isso teve que entrar no clube, aquele onde só milionários fazem negócios. Assim faz sentido ela inventar uma herdeira russa, pois, não é qualquer milionário que consegue acessar o clube.


Mas, o que histórias como de Anna e Simon têm a dizer sobre esquemas financeiros?

Que ninguém está isento de sofrer um golpe. Segundo pesquisa realizada pela FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) os golpes bancários com correntistas cresceram 165% no primeiro semestre de 2021, em comparação ao mesmo período de 2020.


Como evitar?

Vamos apresentar as artimanhas mais comuns e dicas para você se proteger e não cair em esquemas financeiros.


Falso motoboy

Golpe relacionado a cartões. A pessoa recebe a ligação de um indivíduo se apresentando como funcionário do banco, esse falso funcionário informa que o cartão foi clonado. Por isso para que o cliente não tenha problemas e seja obrigado a pagar pelas possíveis faturas indevidas, ele precisa realizar um procedimento.


Como a pessoa entra em estado de pânico, o falso funcionário aproveita a confusão para descrever comprar fictícias que já foram feitas com o cartão. O que só vai piorando o estado emocional do cliente. Depois pede para a pessoa destruir (cortando ou quebrando no meio) o cartão, mas preservar o chip. Informando que um motoboy já está a caminho para retirar o cartão inutilizado.


Nunca entregue o seu cartão para terceiros

Quando receber a ligação de qualquer funcionário de instituição bancaria, mesmo que ele confirme seus dados, se ficou com dúvida não faça nada através de chamadas recebidas.

Apenas desligue. A seguir entre em contato com a instituição financeira para confirmar as informações.


Lembre-se, ainda que ocorra algum imprevisto com o seu cartão (perda ou clonagem), o banco jamais pede sua senha e o cartão de volta. Já que o cancelamento é feito via sistema de forma remota.


Falsa central de atendimento

Parecido com o golpe do falso motoboy, só que nesse a pessoa do outro lado da linha se identifica como funcionário da central de atendimento. No começo da conversa ele chuta o nome do seu banco, se por coincidência acertam dão seguimento ao golpe. Afinal, não temos muitos grandes bancos no país.


O atendente relata que aconteceu um problema na sua conta (hackearam, seu cartão foi clonado, etc). Também falam que a pessoa pode entrar em contato com eles através do número que está atrás do cartão, informação que eles sabem, dado que estão preparados. Levando a pessoa a acreditar que se trata de uma ligação real da instituição financeira.


Após convencer o cliente de que faz parte da central de atendimento o falsário pede os dados (senha, número de documentos, etc). Sendo que apenas com o nome e documentos já é possível fazer muita coisa. Medo!


A dica é a mesma, não realize nenhum procedimento através de ligação recebida. Desligue a chamada e faça uma ligação para a sua instituição financeira para confirmar se a informação procede.


Por fim um causo próprio

Gente, pega essa tour! Estava eu, Mari, no meu segundo dia de férias com meu noivo, chegamos em Jeri. Estava morta de fome, pois não tínhamos almoçado ainda e nos abordaram na rua com a seguinte história:

”Olá, tudo bem? Sou representante de um resort que está sendo construído aqui em Jeri e como não podemos panfletar estamos abordando alguns casais para participarem do nosso coquetel, fazerem alguns stories e ganharem drinks, comidinhas, de forma gratuita, topam participar?”

No auge da fome já estava declinando, porém ele foi bem convincente dizendo que tinha comida e que seria rápido. Sei que a partir desse ponto só piorou. Foram questionamentos sobre o valor da nossa renda média, chegamos no espaço e não tinha nada de drinks e comidas, era só uma apresentação do resort, técnicas de PNL, storytelling, urgência (dizendo que a condição era só para aquele momento) para nos convencer a comprar 1/13 de um quarto do resort.


Trago esse caso, pois eu achei que eles elevaram o nível do golpe, envolvendo um ponto físico, várias pessoas, uma maquete e vídeo de apresentação (apesar de ser muito ruim) tudo isso para aplicar um golpe. No fim, pesquisando mais sobre esse resort vi que ainda estava em disputacom a população da região, pois vai desmatar muitos hectares da região e tinha sido aprovado as pressas. A pessoa que veio para fechar o negócio, um homem, ficou extremamente irritado por eu ter falado que não fecharia nenhum negócio sem pensar muito bem antes.


Conhecimento é poder

Ter conhecimento financeiro ajuda a não cair em golpes, especialmente os relacionados a ganhos de dinheiro fácil. Ainda que você não seja a responsável pelas finanças da família, precisa entender como sua grana está sendo utilizada, ou investida. Independente do seu marido ser um fofo, não deixe que ele decida sozinho como o recurso do casal é usado. Pois, você também precisa saber como movimentar e acessar seus recursos financeiros.


Se você está buscando um curso para aprender mais sobre como cuidar do seu dinheiro nossa mentoria de finanças pessoais é perfeita. Visto que ela se adapta a seu estilo de vida e necessidades financeiras.


Entre em contato para conhecer mais sobre nossos cursos e como empoderar suas finanças.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo