• Herbig Soluções Financeiras

Empresa de uma pessoa só? Aprenda técnicas de organização e gerenciamento de negócios!

Quando você está começando ou já chegou em um processo de crescimento exponencial do seu negócio, as coisas, se não estão organizadas, podem fugir um pouco do seu controle.


E isso acontece de uma forma muito rápida e orgânica. Por isso, hoje vou te dar algumas dicas de como você pode utilizar das técnicas de organização e gerenciamento de negócios para se organizar da melhor forma, sem deixar a peteca cair e sem se perder em meio a tantas atividades para serem feitas.


Bora lá?!


1) Mapeie todas as suas atividades

Sim! Saber exatamente como funciona a sua rotina e fluxo de atividades é o mínimo para fazer as coisas acontecerem. ~ Não se sinta mal se você ainda não tem isso na ponta do lápis, o importante é pelo menos começar ~.


Acrescentar esse mapeamento na gestão do seu negócio, vai evidenciar os seus gaps na comunicação e gerenciamento, além de te mostrar todas as coisas que você sozinha consegue fazer, as atividades que precisarão ser feitas, e as que você terá que passar para uma terceira pessoa.


Existem algumas plataforma gratuitas que podem te auxiliar nessa organização, como por exemplo:



A partir dessa visão mais macro sobre os ‘To’dos’ do seu próprio negócio, fica muito mais fácil para você organizar as demandas em seus devidos lugares.


2) Entenda o que precisa ser feito

Dependendo da atividade, ela terá um peso e uma prioridade diferente das outras. Por isso, após realizar esse mapeamento, identifique qual o nível de prioridade das suas tarefas.


Você pode dividi-las por semanas, a data limite para a entrega de cada etapa pode ser identificada por semana e dia. Aqui você já pode delegar também as atividades que você dá conta e as que precisará de outra pessoa para te auxiliar.


Então, se você tem uma atividade muito importante, mas que você não consegue dar conta ou dar a atenção que ela necessita neste momento, solicite auxílio de alguém… pode ser um freela ou um novo funcionário que você irá contratar.


Coloque tudo na sua agendinha ou plataforma de gerenciamento de atividades e vai fazendo! Uma hora saí.


3) Divida seu dia em blocos

Entenda que horas você está mais produtiva, quais horários que são inegociáveis para você, exemplo, não trabalho depois das 19h, e encaixe as atividades nesses blocos, exemplo se precisa de mais atenção em uma tarefa não coloque naquele horário que você não está em plena atenção, que vai depender muito de você, mas para mim por exemplo seria logo quando eu acordo.


4) Reserve tempo para imprevistos

Imprevistos irão surgir, isso é fato!


Por isso, reserve um tempo para eles. Sempre aparece aquela coisa do nada que você PRECISA resolver, então já deixa um tempo do seu dia para resolver esses BOs…


Ultimamente estou deixando um tempo separado para ler emails/ver whats, isso costuma tirar muito a atenção do que eu estou fazendo, mas ainda assim é algo necessário no meu dia-a-dia. Principalmente para eu manter contato com as minhas parceiras e entender o que elas irão conseguir entregar ou não.


5) Determine uma técnica ou método de atenção/ferramenta

A maioria das plataformas de gerenciamento seguem o modelo Kanban (trello, click up…) mas você pode optar pela técnica pomodoro ou forest, kanban ou planner, porque a melhor ferramenta é sempre aquela que funciona para você!


Recomendo também deixar o celular longe quando precisar de mais atenção.


Conclusão!

As plataformas e metodologias para se organizar da melhor forma, são apenas ferramentas para a sua operação. O mais importante é ter a vontade e entender até onde você consegue ir sendo uma empreendedora, de primeira viagem ou não.


E não esqueça, um remark bastante importante é delegar e descentralizar a operação para que você não se torne o próprio gargalo da empresa (ou seja, você não consegue crescer ou ter resultado porque você mesma está atolada de tarefas).


Sendo assim, sempre olhe para o que você tem colocado mais energia e tempo para ver se isso está te trazendo retorno, se você está sendo de fato eficiente ou se teria uma outra pessoa que faria o mesmo por menos tempo ou até dinheiro (e aqui não é desvalorizar o trabalho do outro, e sim valorizar o seu tempo e entender que cada um tem a sua expertise e você não precisa fazer tudo).


E você consegue!


Curtiu o artigo? Se tiver dúvidas é só mandar!


23 visualizações0 comentário