top of page
  • Foto do escritorHerbig Soluções Financeiras

Como pedir aumento de salário?

Confira nossas dicas para garantir que sua conversa seja tranquila!


Não importa se você é CLT, freelancer ou o que quer que seja, em algum momento você vai se deparar com a necessidade de pedir um aumento. Porém, como vocês sabem, só de pensar na ideia de abordar o assunto, já sentimos um tremendo frio na barriga.


Mas não precisa ser assim! Por mais que seja comum ter receio, pedir aumento é algo natural e esperado nas empresas. Então, desde que você esteja confiante e bem preparada, não tem com o que se preocupar.


E, relaxa! Para que você não passe por nenhuma situação embaraçosa, separamos algumas dicas que te ajudarão a se planejar e adquirir mais confiança para falar com sua superior de forma positiva. Se liga!


Reflita sobre a atual situação da empresa


Antes de tomar qualquer providência e marcar uma reunião, é importante que você analise o que acontece ao seu redor.


A empresa está passando por troca no modelo de gestão? Muitos funcionários estão saindo? O negócio está passando por dificuldades financeiras? O mercado, de forma geral, está em crise? Então, calma, esse não é o momento ideal para pedir um aumento.


Tocar nesse assunto na ocasião errada pode gerar um efeito contrário ao esperado, afinal, pode dar a entender que você não se importa com o que acontece com a empresa. E não é isso que queremos! Mas, fique tranquila, continue de olho no cenário que uma hora ou outra as coisas melhorarão e você terá uma oportunidade para pedir um aumento.


Mas, caso tudo esteja nos conformes, bora para o próximo passo!


Pesquise o mercado de trabalho


Ao se preparar para a reunião, é essencial que você saiba como o mercado de trabalho está se portando com outros profissionais que exercem a mesma função que você.


Para isso, você pode recorrer a conhecidos da área ou sites que forneçam dados confiáveis. Só não se esqueça: considerar o porte da empresa que você trabalha é fundamental, afinal, não é justo comparar o salário de alguém que trabalha um pequeno negócio ao de um funcionário de uma empresa de grande porte.


Marque uma reunião


Após estudar a situação da empresa e do mercado de trabalho, marque um horário para conversar com sua superior! Por mais fácil que possa parecer, não fique achando que abordar o assunto com ela nos corredores será uma boa ideia, muito pelo contrário.


O papo deve ser programado, com data, horário e local apropriados para que vocês não sejam interrompidas. Dessa forma, você conseguirá tratar o assunto com a seriedade que ele pede.


Não use motivos pessoais


Usar problemas financeiros, familiares, de saúde, ou qualquer outro que não tenha relação com suas qualidades profissionais como justificativa para o aumento? Jamais!


Seu pedido de aumento deve ser coerente: por isso, deve vir acompanhamento do porquê você merece mais reconhecimento profissional. Aqui, é importante mostrar também que o negócio só tem a ganhar com seus conhecimentos e sua felicidade na empresa.


Ressalte suas qualidades profissionais


Como ressaltamos anteriormente, a conversa com sua líder deve ser marcada pelas suas principais realizações na empresa, sem, em momento algum, comparar com os feitos de outros colegas (afinal, o foco é você e suas conquistas).


Nesse momento, além de ressaltar suas habilidade profissionais e a sua sede por conhecimento, é importante mostrar como você cresceu e como você ajudou a empresa a crescer também!


Pode parecer batido, mas levar a conversa para esse rumo mostrará para sua chefe que você possui muito valor para o negócio dela e que, portanto, ela só tem a ganhar ao te oferecer um aumento salarial.


Se você tiver como mostrar quanto de resultado já trouxe para a empresa seria perfeito, como um exemplo, alguma projeto que reduziu custo, ou trouxe um incremento de receita ou margem, etc.


Não faça chantagem


Apesar de muito usada, a tática de dizer que recebeu uma proposta de trabalho mais interessante de um concorrente é um caminho muito perigoso a se seguir.


Pode até surgir um efeito positivo, mas as chances de dar errado são gigantescas! Afinal, sua chefe pode acreditar que está sofrendo uma chantagem e, por isso, não te dará o crédito necessário quando você fizer o pedido de aumento de salário.


Esteja preparada para negociar


Muitas vezes, líderes impõem condições para aceitar o pedido de aumento, oferecendo mudanças de cargos, por exemplo, ou ainda abaixando o valor proposto. Por isso, é essencial que você vá preparada com contra-propostas bem estruturadas que façam sentido com as suas necessidades e vontades.


Então, para evitar retornos negativos, faça um pedido estratégico! Por exemplo, pedir um aumento inferior a 5% não faz tanto sentido, afinal pouco interferirá na sua remuneração. Assim, a dica é sempre variar a porcentagem de aumento de 5% a 20%, sempre tomando cuidado para não extrapolar no valor e soar como alguém “sem bom senso”.


Mostre vontade de crescer


Não se esqueça de mostrar o quão comprometida você é com a empresa! Funcionários dedicados e que "vestem a camisa" são os mais bem vistos, afinal, constantemente mostram a intenção de crescer junto com o negócio a longo prazo.


Por fim, mas não menos importante, tenha uma coisa em mente: nosso nervosismo faz com que fiquemos com medo, sempre colocando empecilhos para evitar a conversa sobre o aumento. Mas, saiba que seguindo nossas dicas, o máximo que você acontecer é você receber um "não"!


E, se isso acontecer, faz parte! Nem fazer tudo certo garante que teremos um "sim" logo de cara, mas, de qualquer forma, pode ter certeza de que sua chefe ficará muito feliz pela sua coragem e determinação. Além disso, se a conversa for boa, você ainda pode receber um bom feedback que te mostrará o que te falta para conquistar o aumento. Se esse for o caso, trabalhe firme para conseguir isso no futuro.


Não tem segredo! Sendo você mesma e tendo confiança não há o que dar errado. Tenha em mente que você só está onde está hoje graças as suas habilidades. Lembre-se disso na hora de pedir o aumento e boa sorte!



9 visualizações0 comentário

Komentarai


bottom of page