• Herbig

Relação com o dinheiro. Vamos falar disso novamente?

Atualizado: Jun 12

Temos perguntado bastante isso aqui na Herbig, mas afinal o que seria essa relação com o dinheiro? O que ela afeta na minha vida? A vida moderna está cada vez mais corrida, corremos, corremos, corremos e muitas vezes não temos nem certeza para onde estamos indo. O tempo parece ter tomado outra proporção, e os papéis e roteiros que sempre fizeram sentido estão caindo por terra, um a um.

Como não temos muito claro onde queremos chegar, temos dificuldades de projetar esse futuro, como estamos sempre correndo, não nos questionamos do que estamos fugindo. Isso pode parecer que nada tem a ver com dinheiro, que finanças é algo muito mais prático e objetivo, que é dinheiro é dinheiro e pronto! Mas você já parou pra pensar os sentimentos que vem pra você quando ouve a palavra DINHEIRO? Quais são aquelas primeiras lembranças? Quando fazemos essas perguntas nas nossas sessões de mentoria as respostas são diversas. Tem gente que abre logo um sorriso e lembra dos trocos que a avó dava de vez em quando e que se transformavam em deliciosos doces e biscoitos, muitos associam a discussões dos pais por questões financeiras ou momentos difíceis como uma separação ou perda de emprego dos pais. Não tem jeito, todas essas lembranças de alguma forma afetam as pessoas que somos hoje, e aquilo que sentimos quando estamos administrando nossa vida financeira.


A nossa educação financeira na escola é quase inexistente, e muitos pais nunca tocaram muito nesse assunto dentro de casa. Se somarmos esses fatos a algumas vivências ruins com grana na nossa infância/adolescência, podemos entender comportamentos nossos hoje em dia, quando vamos controlar ou organizar nossas finanças. E está tudo bem! Pessoas com vivências muito parecidas, podem ter reflexos totalmente diferente durante suas vidas. Se questionar e entender como essas situações estão te limitando, é o primeiro passo para de fato mudá-las.


Não só o passado vai afetar essa relação, mas como anda hoje essa sua relação. Você de fato está tratando seu dinheiro com o respeito que ele merece? Pra ganhar dinheiro, provavelmente você estará trabalhando em algo, e para trabalhar em algo você está investindo o seu bem mais precioso, seu tempo. E tempo é o investimento mais arriscado que existe, porque não importa a oscilação do mercado, quando ele vai, ele vai mesmo e não volta! Por isso também entender aquilo que é prioritário na sua vida é tão importante, criar um planejamento e metas pra não gastar dinheiro (e consequentemente tempo) em coisas que não fazem tanta diferença no final das contas. É comum percebermos o susto das pessoas quando elas visualizam o quanto gastam com roupas, compras supérfluas e gastos com comida. E com isso passa mais um ano sem aquele curso que tanto gostaria de fazer, daquela viagem com as irmãs, daquela reserva de emergência pra ter a coragem de fazer de vez a transição de carreira tão desejada.


Quando entendemos a origem das nossas limitações e angústias e onde de fato queremos chegar (nem que seja mês a mês, depois respostas mais a longo prazo vão aparecendo) fica mais fácil colocarmos nossa vida financeira em ordem. Só assim as ferramentas podem nos ajudar de forma mais concreta e efetiva, independente se for uma planilha, uma caderninho ou um aplicativo incrível. O primeiro passo para esse controle financeiro é você, é o autoconhecimento e a vontade de fazer diferente dessa vez!


Dia 07 de maio de 2019 teremos um curso pra entendermos melhor nossa relação com dinheiro, construir nosso mapa financeiro e sair pronto pra dar o ponta pé inicial para uma vida com mais controle e planejamento.

Mais informações: https://herbig.engaged.com.br/turma/se-seu-dinheiro-falasse/turma-se-seu-dinheiro-falasse-maio


0 visualização
© 2018 por Herbig®