• Herbig Soluções Financeiras

Quando devo pedir empréstimo?

Recentemente tivemos uma conversa bem interessante entre as mulheres da Rede Herbig sobre pedir empréstimo para aquisição de equipamentos. Quem trabalha com programas gráficos sabe que precisa de uma máquina parruda, para conseguir rodar programas pesados sem chiar. Entretanto, como tudo nesse país o custo dos eletrônicos disparou, tanto quanto, ou mais que a gasolina. Logo comprar um computador para trabalhar com, por exemplo, edição de vídeo ficou caríssimo. De tal forma que algumas máquinas custam mais que um carro zero. Como o iMac dos meus sonhos!!!!!


Como nem todo mundo tem um cartão sem limites pedir empréstimo começou a ser considerado. No entanto, as altas taxas de juros praticadas pelo mercado fazem com que essa opção não seja tão favorável para micro e pequenas empresas.


Pesquisa do Serasa tenta entender a relação das pessoas com o crédito


Entre 22 de junho e 27 julho o Serasa realizou a pesquisa O papel do crédito em um momento de retomada para entender como foi a busca por crédito durante a pandemia, e como ele vai auxiliar as empresas na pós-pandemia. O questionário online contou com a participação de 2068 pessoas, sendo 53% mulheres. Sendo que 79% dos entrevistados utilizaram alguma fonte de crédito para resolver problemas financeiros, com o cartão como principal opção de crédito.


Ainda que as taxas de juros sejam consideradas altas, especialmente no momento em que estamos, 63% dos entrevistados acreditam que o crédito será essencial no decorrer do período de retomada. Dito isso, 62% deles sinalizaram que pretendem utilizar alguma fonte de crédito, com o cartão liderando novamente. Sendo o pagamento das dívidas o motivo número 1, do mesmo modo que a compra de itens essenciais, empreendedorismo e aquisição de carro ou imóvel.


gif

Ok! Agora que sei que não estou sozinha nesse barco, quando está na hora de pedir empréstimo?


A resposta de 1 milhão é: se puder evitar, evite! Não gostamos de ser negativas, mas precisamos ser realistas. Já que as instituições financeiras são empresas que visam o lucro, logo vão emprestar dinheiro, no entanto, vão cobrar por isso. Cobrança que sabemos varia bastante de uma instituição para outra e relação de quem precisa com quem oferece o crédito.


Independente da razão pela qual você considera pedir empréstimo, o planejamento financeiro é o primeiro passo para entender se faz sentido ou quanto será necessário. Como os juros compostos não estão para brincadeira, não dá para jogar com a incerteza. Ainda que o empréstimo patrocine muitas coisas é uma dívida de longo prazo, e se tem uma lição que 2020 deixou é de que não temos certeza de nada. Afinal, tudo pode acontecer.


gif

Pedir empréstimo para pagar dívidas


Somente nos casos em que não haja outra possibilidade de pagamento que não tenham juros e, se for necessário empréstimo, só contratar se os valores forem menores que os das dívidas. Como, por exemplo, pegar um empréstimo com juros beeem menores do que os praticados pelo cheque especial e o rotativo do cartão de crédito, já que tem custos elevadíssimos. Aliás, também é preciso ficar esperta para não entrar novamente no cheque especial e rotativo do cartão após concluir o pagamento com esse empréstimo.


Somente é uma boa alternativa quando conseguimos substituir juros altos por juros menores, com uma parcela que caiba no orçamento e que não te faça ficar com mais uma conta. Ou para pagar dívidas que são muito altas e não podem ser parceladas.


Mas, sempre pensando em reduzir custos e ficar com as contas em dia. Sem o risco de contrair novamente as dívidas que foram quitadas com esse empréstimo. Pegar empréstimo para pagar dívidas é uma roubada quando ele não é suficiente para quitar tudo. Pois, em vez de reduzir seus custos e eliminar débitos, a pessoa acaba, apenas, contraindo mais um carnê para pagar. Portanto, precisamos prestar muita atenção!


O ideal seria substituir todas as dívidas pela única parcela do empréstimo, desde que encaixe no orçamento e não tenha custos mais elevados do que as dívidas vigentes. Se os juros/custos do empréstimo ficarem mais caros do que as dívidas, não vale a pena.



Pedir empréstimo para realizar algum sonho como a casa própria


É uma excelente ferramenta, desde que tenha condições de juros, custos justos e que caiba no seu orçamento.


Existem linhas de crédito específicas para cada tipo de investimento, crédito imobiliário, consórcio, entre outras. Entretanto, é importante fazer um planejamento de médio e longo prazo, incluindo todos os custos adicionais que realizar esse sonho terá, fora a parcela (no caso da casa própria teria uma possível reforma, impostos, custos de escritura, compra de móveis, etc.).


Contudo, se bem planejado e contratando a linha mais barata e adequada, é uma boa opção.

Roubada seria assumir esse compromisso sem ter esse custo mensal encaixado no seu orçamento. Planejamento é essencial, não esqueça!


gif

Pedir empréstimo para estudar


Parecido com o caso de realizar os sonhos, pedir empréstimo para estudar é uma opção tendo sempre o planejamento do retorno que os estudos poderão trazer e considerando muito os prazos para começar a pagar. Dado que, estudando provavelmente você começará a ter renda após a conclusão do curso, na maioria dos casos. Existem linhas específicas para isso, porém, antes de contratar é necessário verificar os custos e prazos. Se houver carência para iniciar os pagamentos é melhor.


Roubada é se você não conseguir assumir as parcelas quando elas começarem a vencer. Mais uma vez: planejamento é tudo, repita esse mantra!


Não esqueça que estamos aqui para ajudar a organizar e melhorar a sua relação com as finanças. Conte com a ajuda da Herbig para desenvolver um relacionamento mais saudável com o dinheiro. Não tenha vergonha de pedir ajuda. Vamos juntas!

7 visualizações0 comentário