• Herbig

É hora de crescer?

Atualizado: Jun 12

Saímos atrás de novas vendas, novos clientes, novos projetos, até que um belo dia todos eles resolvem nos encontrar tudo de uma vez. E então, vem os medos, medo de não dar conta principalmente, e assim nos questionamos (às vezes achamos que é a única alternativa) é hora de crescer?

Claro que sempre devemos prezar a nossa qualidade na entrega, e com isso a hora de crescer é uma decisão muito importante, pois uma outra opção que talvez não passe pela nossa cabeça é: estamos dispostos a crescer ou podemos ficar no tamanho que estamos hoje, atendendo com qualidade sem pretensão de expandir além disso?

Vamos primeiramente nos questionar pois quando queremos crescer temos que nos perguntar:

1) De que forma vou crescer?

Vou abrir uma nova loja, vou sair da minha casa, vou contratar uma ou mais pessoas, vou investir em tecnologia, ou equipamentos que tornem meu processo mais eficiente, vou abrir o leque de produtos/serviços, vou agregar outro ramo?

2) O que eu preciso para crescer?

E aqui vale lembrar que não estamos falando apenas de estrutura, equipamentos, utensílios, pessoas, também incluo as horas disponíveis no seu dia, a energia que você terá que colocar, e o psicológico para lidar com tudo isso.

3) Tenho capital para suportar esse crescimento?

Sempre bom lembrar que não é só o capital para investir na nova estrutura, equipamentos, utensílios, mas também o capital para fazer a empresa rodar durante e depois desse investimento. Da mesma forma que você precisava de capital antes, quando você expande você precisa de mais capital para suportar o andar da sua empresa. E sempre bom lembrar que quando capitamos capital de terceiros, ou seja, empréstimos para crescer, você também deve colocar isso na sua conta para os pagamentos dos próximos meses.

Então, com todas essas perguntas respondidas, é tempo de colocar no papel, fazer um planejamento financeiro! SIM! Olha nós aqui de novo falando de planejamento financeiro para vocês minha gente! Acredite, ele vai ser seu fiel escudeiro para fazer com o que seu investimento retorne o mais rápido possível.

Muitas empresas erram nesse momento, porque, principalmente, os micro empreendedores não tem a informação ou não fazem um estudo detalhado antes de pegar o empréstimo, e assim, o dinheiro vai rapidamente, e tudo começa a virar uma bola de neve. Quando você pega um empréstimo ou até coloca dinheiro do próprio bolso, você tem que estar muito certo para onde esse dinheiro vai, pois é fácil nos distrairmos com despesas que não deveriam entrar como investimento.

Então vamos lá, primeiramente colocar no papel qual será a estrutura, equipamentos, utensílios, que você precisará, e quantificar, cotar mesmo com os fornecedores, encontrar o melhor preço, pesquisar, pesquisar e pesquisar. Quando tiver os valores pensar com essa estrutura/equipamento/utensílios quanto conseguirei entregar a mais de produto/serviço? Tenho mercado para absorver isso? Se for pessoa, quantificar o quanto essa pessoa te trará de retorno, por exemplo, se essa pessoa vai ajudar na produção, quanto você terá que vender a mais para pagar o salário dela? Ela terá capacidade de fazer tudo isso? Se sim, você terá capacidade de vender tudo isso?

Se vai investir em tecnologia, ou uma forma para ter crescimento exponencial do seu produto e serviço, pensar eu detenho esse conhecimento? Serei capaz de passar o que eu quero para o programador, ou empresa contratada? É melhor eu fazer dentro da empresa ou fora? Serei capaz de absorver a demanda depois?

Se vai investir em outro ramo, ou um novo produto/serviço, se perguntar: eu detenho todo o conhecimento para isso? Contabilmente preciso de alguma modificação? Tenho toda a estrutura necessária para colocar isso no mercado?

Se for abrir uma nova loja, lembre se que você precisará analisar muito bem a demanda da região do novo local, e então, também quantificar todos os gastos para abrir esse novo lugar.

Se for abrir uma franquia, eu detenho todo o conhecimento para isso? Estou preparada contabilmente também? Como vou garantir que a nova loja que tenha outra direção mantenha os padrões da minha? Como funcionarei com a remuneração, será por royalties? Quanto seria?

Colocando tudo isso no papel, já orçando o quanto você precisará vender a mais para cobrir todos esses gastos, e também manter a empresa rodando, é muito importante que você veja também se isso está te trazendo mais resultado, ou só está gerando mais preocupações e mais gastos. Planeje todos os cenários, desde o pessimista ao otimista, para ter a certeza se você está disposto a realizar a mudança, ou colocar como meta, ex.: quando estiver com XX clientes estáveis, quando tiver XX de faturamento durante três meses, enfim, porque assim também você tem a motivação e visão de como vai acontecer.

Lembrando que se decidir por capital de terceiros, é muiiiito crucial a pesquisa da melhor taxa, pois você isso pode fazer muita diferença nos seus pagamentos e no seu caixa! E também entender o quanto esse investimento trará de mais lucro a empresa, e em quanto tempo isso pagará seu investimento. Num cálculo simples, sem contar o custo de oportunidade de você investir essa grana em outro lugar, ou sem contar o custo do dinheiro no tempo, você poderá observar se esse investimento renderá 100 reais a mais por mês, então 1.200 no ano, e o investimento foi de 2400, você terá o retorno desse investimento em dois anos, ou seja, nesses dois anos você “trabalhará” para pagar esse investimento e a partir daí terá resultados para a empresa. O que pode ser bom, você só precisa estar disposto a isso!

Creio que coloquei vários poréns na sua cabeça, era essa a intenção, testar para ver se você está preparado, mas com tudo isso feito, se os números e você sentir que vale a pena, se joga!!! A decisão correta é a que a gente toma!

Textos HIPER importantes de você ler que fazem parte dessa decisão:

Custo de ociosidade: Para você entender se está usando toda a sua capacidade.

Investir dinheiro próprio ou captar de terceiros? Para quando já souber quanto precisa para a expansão.

Se capital de terceiros, qual o melhor terceiro? Para não pegar empréstimo com taxas abusivas.

Capital de Giro: (marcar com marca texto) texto e ferramenta mais que importante, imprescindível para sua empresa se manter ativa e você não entrar para as estatísticas.

© 2018 por Herbig®